Moro: “Não se qualifica como testemunha”

Depois de 25 minutos de um sorridente depoimento de Lilian Bittar, mulher de Fernando Bittar e “sobrinha de Lula”, o juiz Sergio Moro passou a indeferir perguntas da defesa da depoente.

“A doutora arrola parente como testemunhas… Estamos há quase meia hora ouvindo. Mais alguma pergunta?”

A advogada protestou e levou um pito de Moro.

“Não se qualifica como testemunha. Vejam lá o CPP [Código de Processo Penal].”

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. franc disse:

    Quando não esta viajando para encontros e banquetes com os representantes da "banca", tá em cadeia nacional fazendo "brabeza" com seus interrogados...

Ler comentários
  1. Luiz Polins disse:

    Quem já assistiu a serie ,,Grace and Frankie ,, entende a gracinha desta fulana.. Dr Moro mandou pra escanteio...boa Doctor....

  2. Helô disse:

    Moro sendo Moro. Um gentleman. Um juiz como poucos!

  3. Tacita Vilela reis disse:

    Muito sem nexo a mocinha né?A intimidade de dois bebuns de cueca etc etc Poxa Moro tem que aguentar cada bobagem !

  4. Tacita Vilela reis disse:

    Poxa bobagens de bebuns de cueca ! Que intimidade ne mocinha !

  5. Dr. Maroni disse:

    A sobrinha foi defender o tio criminoso, é isso! Sorriu o tempo todo porque tem pessoas que quando estão nervosos ou mentindo ficam sorrindo. Isso é muito comum. É só perguntar pra qualquer psicólogo! É melhor sorrir pra não chorar nem gritar!

  6. Felipe disse:

    É a chicana da turba do Lula, arquitetado pelos seus adevogados, um deles, o "brilhante" Zanin....que conseguiu aumentar a pena do criminoso e condenado Lula!

  7. Zé Brandão disse:

    Nesse caso CPP é Código de Práticas Protelatória.

  8. Gil Marcanttonio disse:

    Mil salvas de tiros de canhão para o grande Sérgio Moro!

  9. Cris disse:

    Eu se fosse a advogada... trocava de planeta !!!;

  10. Jefferson disse:

    Se no brasil existissem uns 10 Sergios Moro, seríamos o melhor país do planeta.

  11. MILICOS NUNCA MAIS! disse:

    Nossa! O Moro já voltou dos salões de luxo de Mônaco, de Nova Iorque e sei lá de onde mais? O tal do "mercado" adora esse cara. Se é bom para o "mercado", não pode ser bom para o povo.

    1. Funcionários públicos? Alguém falou disso aqui? A discussão é se queremos um mercado selvagem, totalmente livre, ou regulado para permitir o desenvolvimento de um país incipiente como o nosso no "mercado". Em países como o nosso ("em desenvolvimento"), liberdade excessiva para o "mercado" gera exploração das casses mais baixas, deficit educacional, pobreza extrema que acabam resultando em tensões classistas. Aí começam a qualificar os pensadores que se importam com os pobres de "esquerda", ou de "comunistas", e os mais ricos (incluindo os acham um dia estarão entre eles) de "direita", "elites", ou "classes dominantes".

    2. Venezuela e Cuba não são bons para o mercado... o povo tá fugindo desesperado de fome. EUA, Inglaterra, Alemanha, Austrália e Japão são bons para o mercado, e o povo próspero com a barriga cheia. Vai relinchar em outro lugar, esquerdista retardado.

    3. ahhh Sr. Milicos-Nunca-Mais, então na sua opiniao, o povo não gosta de "mercado"? vão ser todos funcionários públicos. Olha que não há lugar para tanto funcionario público no "mercado" nem aqui nem na China ou Cuba. Melhor o povo gostar de "mercado" ou vai ficar eternamente esperando concurso publico......

  12. zara-trusta disse:

    Mais um(a) adevogadozinho(a) mequetrefe. O nível é igual ao dos clientes.

  13. Esperançoso disse:

    Se no Brasil as pessoas só fizessem bem seu trabalho sem se deixar levar por jeitinhos, etc já estaria tudo perfeito. O Juiz parece simplesmente fazer seu trabalho correto, o que é coisa que para muitos parece exagerado, mas é o trabalho dele. Cada um que faça seu trabalho corretamente. Já está mais que bom se for assim.

  14. tico disse:

    É UM PROFESSOR DE DIREITO. O POVO AGRADECE.