Moro nega a Cunha ‘mordomia’ em camburão

Sergio Moro negou o pedido de Eduardo Cunha para não ser transportado no camburão da PF na parte traseira da viatura, destinada aos presos, informa Fausto Macedo.

O juiz federal, convidado por Jair Bolsonaro para o Ministério da Justiça, afirmou que o transporte no camburão da PF “não é totalmente confortável, mas está longe de causar sofrimento ou de ser indigno ao transportado”.

O ex-presidente da Câmara está sendo interrogado por Moro hoje, em processo no qual é réu por lavagem de dinheiro.

Bolsonaro presidente: você precisa entender o que isso significa. Leia AQUI

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 35 comentários
  1. Indigno é roubar o contribuinte. Indigno é mulher e filho passearem na Europa com o dinheiro dos pobres. Sofrimento é após enfrentar fila com criança doente no colo, não ter pediatra.

    1. Lula merece tratamento à altura; se fosse o encarregado, o veículo receberia amortecedores velhos na traseira e suspensão com nheco-nheco especial.

  2. Não quer ser preso e passar vergonha ? NÃO ROUBE !! Esse é o Brasil de Bolsonaro, de Sérgio Moro, e de NÓS, povo Brasileiro que Chutamos Dilma, apoiamos a Lava Jato e elegemos Bolsonaro !