Moro nega pedido da prefeitura do Guarujá

Sergio Moro negou o pedido da prefeitura do Guarujá de receber antes dos demais credores o valor da dívida do IPTU referente ao triplex de Lula, informa o G1 Santos.

O despacho foi assinado ontem pelo juiz federal. Moro reitera que o montante obtido no leilão do imóvel, agendado para 15 e 22 de maio, será revertido somente à Petrobras, classificada como vítima dos crimes.

Conforme a decisão, a dívida de R$ 102,9 mil, fruto do atraso do pagamento do IPTU à prefeitura desde 2014, ficará sob a responsabilidade do novo proprietário.

Posse de armas: uma das promessas de campanha de Bolsonaro LEIA AQUI

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Flávia disse:

    Apartamento leiloado para pagar dívidas da OAS. Canalhas!

Ler comentários
  1. Tá certo! disse:

    Pq não moveram terra, céu e mar para receberem? Aquela pocilga não tinha fiscalização e não sabia quem era o proprietário ou sabiam e se calaram? Precisamente sobre Astúrias, ainda existe por lá a colônia do sindicato dos bancários?

  2. Pirocao! disse:

    Um trizdisse: 24 de Abril de 2018 às 14:26 Uma deputada da UE, denuncia os vistos gold (a cidadãos que comprem moradias por 500 euros, ou empreguem cidadãos, ou paguem 1000 euros para ter visto para toda a UE configurando que um lavagem de dinheiro está ocorrendo. Dentre as obrigações consta a permanência por 14 dias em Portugal ou 7 dias alternados. Será por isso que Gilmar viaja tanto pra lá? A denúncia contém crimes financeiros da Lava Jato.