Moro: "Nunca aceitaria uma posição no governo se visse o menor risco de discriminação contra as minorias"

Telegram

Sergio Moro repetiu em Madri que Jair Bolsonaro não é um risco para a democracia:

“Não vejo no presidente eleito um risco de autoritarismo ou risco de democracia”.

Ele disse também que “nunca aceitaria uma posição no governo se visse o menor risco de discriminação contra as minorias”.

Sobre as frases pronunciadas no passado por Jair Bolsonaro, ele minimizou:

“As pessoas às vezes fazem declarações infelizes, isso não significa que se traduzirão em políticas públicas concretas e não há nada que indique que serão adotadas políticas discriminatórias contra as minorias no Brasil”.

Os eleitores brasileiros sabem disso, mas é bom para o governo que Sergio Moro esteja rebatendo essas certezas lá fora.

Comentários

  • Eduardo -

    O povo sabe, mas muitos fingem não saber. E os petistas e afins também sabem, mas ficam repetindo zilhões de vezes o contrário para iludir os cabeças-fracas. E conseguem. Por isso ele quase morre

  • Annibal -

    Caetano, Chico, Daniela e Anita EleNão, não concordam com o Moro.

  • Indignado -

    Na verdade, Moro nem deveria ir a Madrid ao saber que isso era cogitado.

Ler 49 comentários