Moro pede informações ao Sírio-Libanês

Sérgio Moro aceitou o pedido da defesa de Glaucos da Costamarques e solicitou ao Hospital Sírio-Libanês a confirmação da internação de Glaucos e um relatório de visitas.

Para os advogados do primo de José Carlos Bumlai, as informações poderão comprovar que Glaucos assinou –enquanto estava internado e em um único dia– todos os “recibos” de aluguel referentes a 2015 que foram apresentados pela defesa de Lula.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

  1. Ler mais 26 comentários
    1. esse hospital é como banco da suiça.
      só em última instância consegue-se tirar alguma coisa.
      por outro lado, como trata-se de um pião é possível que a nata entregue o pobretão.

    2. É preciso que o relatório indique todas as visitas registradas,
      assim como é óbvio que todas devam ser identificadas.
      Isto, porque quem entrou com os tais “recibos” pode ter sido
      qualquer outra pessoa.

    3. A morte ” ou assassinato ” da tal dona marisa, energúmena e corrupta passiva, mulher e mãe de meliantes ….tem coisa, tem coisa, tem coisa muito estranha, imaginem aquela defunta ignóbil na frente do juizado……..cara pálida …creiam ou não…apagaram a dita mulher no HSL…..como já mencionaram no site, o tal de dr. Kalil é amigão e protetor do bandido mór…Creiam ou não a DEFUNTA FOI PREMEDITADA……

    4. Aquele hospital lá…duvido! Esconder, mascarar, abafar e com eles mesmos.
      Dívida com o desgoverno passado, empréstimos milionários no BNDES, com juros a preço de bananas, e bom será se vão pagar…

    5. O Temer não passou por lá no fim de semana!? Deve ter ‘pedido’ para apagar os registros de qualquer rastro que possa implicar o seu comparsa, Lula, no assalto à nação.
      Os afastamentos do Temer e do Aécio e a prisão cautelar do Lula estão caminhando umbilicalmente juntos.

    6. Deu prazo ao Sítio Libanês? Qual? 6 meses? Assim chega o dia da eleição 2018, e ninguém ainda vai saber quem fraudou os recibos. Autoriza uma busca e apreensão, senão.💤💤💤💤💤💤