Moro quebra sigilo telefônico do PT

Sérgio Moro autorizou a quebra do sigilo dos terminais telefônicos da sede do PT em São Paulo. São sete linhas, sendo quatro fixas e três celulares. O pedido foi feito pelo MPF em decorrência da denúncia envolvendo o pagamento de pixulecos ao ex-tesoureiro João Vaccari Neto por meio da Gráfica Atitude.

O MPF, no pedido, alega que a ligação entre a Gráfica Atitude e o PT “vai além da afinidade entre as entidades sindicais proprietárias daquela com os programas partidários desta agremiação”.

“No tocante à ligação da Editora Gráfica Atitude com o denunciado João Vaccari Neto com o Partido dos Trabalhadores – PT, deve-se salientar que, a partir de pesquisas em bancos de dados, verificou-se que os sócios da Editora são o Sindicato dos Empregados de Estabelecimentos Bancários de São Paulo/SP e o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, de notória vinculação ao Partido dos Trabalhadores, sendo que Juvandia Moreira Leite, presidente do primeiro Sindicato, figura como administradora da Editora.”

Juvandia participou do jantar com Lula e Palocci na casa de Marcelo Odebrecht.

Faça o primeiro comentário