Moro tira tornozeleira de operador financeiro do petrolão

Sergio Moro autorizou Mario Góes, operador financeiro do esquema do petrolão, a retirar a tornozeleira eletrônica.

Góes virou delator e passou a cumprir pena em regime aberto diferenciado, com prestação de serviços comunitários.

Ele está proibido de frequentar bares, boates, casas de jogo e prostituição – não necessariamente nessa ordem.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 5 comentários
  1. Entrega meia dúzia de comparsas e fica tranquilo com o fruto dos roubos, na pior das hipóteses (para ele) devolve parte irrisoria do que rouboue fica tudo “certo”.