Moro: “Um ministro da Justiça opinar sobre casos concretos é inapropriado”

Sergio Moro disse o seguinte ao Estadão, sobre o caso de Fabrício Queiroz, ex-motorista de Flávio Bolsonaro:

“O ministro da Justiça não é uma pessoa para ficar interferindo em casos concretos. Vou colocar uma coisa bem simples. Fui nomeado para ministro da Justiça. Não cabe a mim dar explicações sobre isso. Eu acho que o que existia no passado de um ministro da Justiça opinar sobre casos concretos é inapropriado.”

Comentários

  • josel@petrolinked.co -

    O governo federal está infestado de petista e com os Arapongas bem postados, assim estamos preparados para as próximas denuncias plantadas ou fabricadas!

  • Romeu -

    Os ministros do PT até hoje negam seus crimes. Os do Temer também. Porquê moro vai opinar sobre um ministério que ainda não assumiu? Ele explicará o silêncio do COAF sobre a corrupção...

  • Petronilo -

    DEz. Dez. Dez. Meu Ministro da Justiça. Futuro Presidente do Mundo.

Ler 135 comentários