Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Moro: "Vivemos uma espécie de captura da estrutura do Estado"

O ex-juiz da Lava Jato defendeu a criação da “Corte Nacional Anticorrupção”, proposta mencionada por ele no discurso de filiação ao Podemos
Moro: “Vivemos uma espécie de captura da estrutura do Estado”
Foto: Reprodução/Youtube

Em entrevista ao Papo Antagonista nesta quinta (18), Sergio Moro (foto) falou sobre a criação da “Corte Nacional Anticorrupção”, proposta mencionada por ele no discurso de filiação ao Podemos, na semana passada. O ex-juiz da Lava Jato elogiou a iniciativa, adotada em países como a Ucrânia, e disse que é necessário investir no combate à corrupção para que o Brasil avance nas reformas.

“O combate à corrupção é essencial para que possamos viabilizar outras reformas. Nós não conseguimos implementar essas reformas porque vivemos uma espécie de captura da estrutura do estado. […] Parte disso é um corrupção pura e simples, o suborno. E parte disso é simplesmente a classe política colocando seus interesses à frente do interesse público. Existe uma experiência muito interessante em alguns países, como a Ucrânia, que teve aquela revolução em 2013, em que houve até deposição de um presidente. […] E uma das percepções é que não funcionavam os grandes tribunais no combate à corrupção, e aí eles criaram uma corte nacional anticorrupção”, afirmou.

“É um órgão específico encarregado apenas esses casos grandes de corrupção. […] Eles abriram oportunidades para juízes, magistrados e professores se inscreverem, mas submeteram essas pessoas a um intenso escrutínio e verificaram se essas pessoas tinham um passado de integridade”, concluiu.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....