Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Morre o ator Paulo Gustavo

Morre o ator Paulo Gustavo
Foto: Reprodução/ Redes Socias

Morreu nesta terça-feira (4), no Rio de Janeiro, o ator Paulo Gustavo, aos 42 anos, vítima de Covid. Mais cedo, o Hospital Copa Star informou que ele apresentava sinais vitais, mas que o quadro era irreversível.

Paulo Gustavo foi internado no dia 13 de março, pegando fãs de surpresa. Dois dias antes, ele havia publicado uma mensagem de feliz aniversário ao seu marido, Thales, nas redes sociais.

O ator foi intubado pela primeira vez no dia 21 de marçoNa ocasião, disse ao marido: “Te amo, já volto”.

Quatro dias depois, Thales anunciou que ele havia melhorado e deixado a intubação. Ele estava respondendo bem ao respirador mecânico e apresentando melhora progressiva.

Em primeiro de abril, a equipe médica divulgou uma nota informando que “cada dia tinha mais certeza da plena recuperação”.

Um dia depois, o marido do humorista afirmou que ele havia tido uma piora. Paulo foi submetido a um tratamento com uma espécie de pulmão artificial.

No dia 3 de abril, depois de apresentar outra melhora e ficar consciente durante algum tempo. Paulo passou por uma pleuroscopia, que identificou uma fístula bronco-pleural.

No dia 11 de abril, um boletim médico informou que o quadro havia piorado e evoluído para complicações pulmonares e hemorrágicas.

O quadro clínico do meu amor está difícil, mas para ele nada é impossível, e nem pra ele, nosso Deus, e essa dupla poderosa vai trazer ele de volta pra casa”, escreveu Thales nas redes sociais.

Quatro dias depois, os médicos afirmaram que não havia mais sinais de hemorragia e que a coagulação havia sido normalizada.

No dia 3 de maio, um novo boletim médico foi divulgado: Paulo apresentava uma embolia pulmonar gasosa, que bloqueou vasos sanguíneos com bolhas de ar. A embolia atingiu até o sistema nervoso.

“Infelizmente, a situação clínica atual é instável e de extrema gravidade”, disse a equipe médica.

Família:

Paulo Gustavo casou-se com o dermatologista Thales Bretas em dezembro de 2015.

Em 2017, eles anunciaram que seriam pais de gêmeos, gerados em barriga de aluguel. Pouco tempo depois, os bebês morreram em aborto espontâneo.

Depois pensar em desistir da paternidade, o casal fez nova tentativa em 2019, que resultou no nascimento de Romeu e Gael.

Carreira:

Foto: Reprodução
Paulo Gustavo Amaral Monteiro de Barros nasceu em Niterói, no Rio de Janeiro, em 1978.

Em 2005, formou-se na Casa das Artes de Laranjeiras, juntamente com Fábio Porchat e Marcus Majella. A partir de então, Paulo Gustavo começou a fazer pequenas participações em novelas da Record e da Globo.

Em 2006, o humorista estreou o espetáculo teatral que o tornaria famoso, o monólogo Minha Mãe é uma Peça, que ganharia uma adaptação para o cinema em 2013 e continuações em 2016 e em 2019, todos grandes sucessos de bilheteria, com 25 milhões de ingressos vendidos. A personagem, a hilária Dona Hermínia, uma dona de casa de meia idade sempre estressada, foi baseada na sua própria mãe, Vera Lúcia, mulher de personalidade muito forte.

No Multishow, ele trouxe de volta à TV o programa de humor com plateia, o Vai que Cola.

Com o seu humor familiar, calcado na imagem materna e no modo de vida da classe média, Paulo Gustavo conquistou o carinho e a admiração de milhões de brasileiros de todas as idades. É mais um cidadão colhido pela pandemia.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO