Morrer como um ladrão

O petista Jorge Viana comparou Lula a Juscelino Kubitschek:

“Como morreu Juscelino Kubitschek? Morreu como um ladrão, como um corrupto, como uma pessoa desmoralizada. E quem o desmoralizou, quem o carimbou como corrupto? Setores da grande imprensa brasileira, em conluio com algumas autoridades da época.”

Elio Gaspari comprou essa tese vigarista, fazendo um paralelo entre os promotores que investigam o triplex de Lula e os esbirros da ditadura militar, que investigaram o apartamento na Vieira Souto de JK.

Ele está errado.

Se Lula morrer “como um ladrão, como um corrupto”, a responsabilidade não será do Ministério Público, e sim dele próprio.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200