Mourão cogita 'manobra' em teto de gastos ou novo imposto para bancar Renda Cidadã

Mourão cogita manobra em teto de gastos ou novo imposto para bancar Renda Cidadã
Foto: Alan Santos/PR

Hamilton Mourão cogitou hoje uma ‘manobra’ no teto de gastos e a criação de um novo imposto para bancar o Renda Cidadã. Segundo ele, uma possibilidade é o governo negociar com o Congresso uma exceção ao teto.

“Vamos olhar uma coisa aqui de uma forma muito clara. Se você quer colocar em um programa social mais recursos do que o existente, você só tem duas direções: ou você vai cortar gastos de outras áreas e transferir esses recursos para esse programa ou, então, você vai sentar com o Congresso e propor algo diferente, uma outra manobra que seja, por exemplo, fora do teto de gastos, um imposto especifico para isso e que seja aceito pela sociedade como um todo. Não tem outra solução, ou então mantém o status quo”, disse o vice-presidente.

Hoje mais cedo, perguntado sobre de onde virá o dinheiro para a versão turbinada do Bolsa Família que o governo pensa em criar, declarou:  “Não tem de onde tirar, essa é a realidade”.

Leia mais: Combo O Antagonista e Crusoé: comece a ler por apenas R$ 1,90/mês
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 50 comentários
TOPO