Mourão defende depoimento de Bolsonaro por escrito: "Isonomia no tratamento"

Mourão defende depoimento de Bolsonaro por escrito: “Isonomia no tratamento”
Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Hamilton Mourão defendeu há pouco que Jair Bolsonaro preste depoimento por escrito no inquérito do STF que investiga suposta interferência na Polícia Federal.

Na saída do Planalto, o vice-presidente disse concordar com o ministro Marco Aurélio e pediu “isonomia no tratamento”, uma vez que Michel Temer depôs por escrito.

“É uma questão da forma como está sendo tratado. Vamos lembrar que no caso do presidente Temer (…) ele depôs por escrito. É o mesmo tratamento, isonomia no tratamento. Eu acho que é isso que tem que ser colocado. Vai ser votado, o Marco Aurélio já explicitou o voto dele. Vamos aguardar a decisão do STF. Mas, na minha visão, eu julgo que o presidente pode optar por fazer o depoimento por escrito.”

Leia mais: Moro exclusivo: você não deve perder essa reflexão sobre ética pessoal e nacional
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 28 comentários
TOPO