Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Mourão defende que Brasil use COP-26 para "recuperar" imagem

Segundo o vice-presidente, o desempenho do país pode contribuir para a retomada do Fundo Amazônia, interrompido em resposta a uma decisão de Ricardo Salles
Mourão defende que Brasil use COP-26 para “recuperar” imagem
Foto: Adnilton Farias/Vice-Presidência

Hamilton Mourão (foto à esquerda) afirmou nesta segunda-feira (18) que o desempenho do Brasil na Conferência do Clima, em Glasgow, a COP-26, será “importantíssimo” para recuperar a imagem do país.

O vice-presidente se reuniu mais cedo com o embaixador da Noruega, Odd Magne Ruud (foto à direita), para discutir a possibilidade de retorno do Fundo Amazônia, interrompido em 2019, quando Ricardo Salles dissolveu o comitê que fazia a seleção dos projetos. Os noruegueses ajudavam a manter o fundo.

Segundo Mourão, a COP pode ajudar nesse sentido.

“A gente não trabalha com prazo (para retorno do fundo). Eu acho que a questão é a seguinte: o nosso desempenho nas reuniões que vão ocorrer na COP vai ser importantíssimo para que a imagem do país em termos de questão ambiental seja recuperada.”

O grupo foi recriado que fazia a análise dos projetos apresentados ao fundo foi recriado, mas os países doadores esperam uma queda no desmatamento para retomar os repasses.

“Nós recriamos ano passado a legislação toda novamente e o que foi acertado era que no momento em que efetivamente a gente tivesse resultados concretos de queda em índices de desmatamento e queimada se voltaria a conversar sobre reabertura do fundo. Foi o que conversei com ele hoje.”

Mais notícias
TOPO