ACESSE

Mourão descarta o risco de golpe

Telegram

Hamilton Mourão, em entrevista à imprensa estrangeira, descartou o risco de golpe.

Sobre o plano de Jair Bolsonaro de armar o povo, ele respondeu:

“Não é da cultura do brasileiro ter armas.”

Sobre os atos bolsonaristas, ele disse:

“Muito pouca gente comparece.”

Ele tentou livrar a barra dos militares até mesmo na gestão calamitosa da epidemia de Covid-19, dizendo:

“A gestão do Ministério da Saúde, apesar de estar nas mãos de um oficial general da ativa, não está nas mãos das Forças Armadas.”

 

Leia mais: O temor da cassação no Planalto

Comentários

  • Marcia -

    Militares+centrão+ petistas do Bolsonaro... é fim de caminho.

  • Alberto -

    Demonstra lealdade ao presidente. É o que se deve esperar de um vice presidente. Faz parte do governo. Compartilha o bônus e o ônus. Cansa essa cantilena de que não haverá golpe.Só traz desconfiança.

  • Rafael -

    Mourão e os militares no governo deveriam ter feito este movimento de distanciamento do p r o quanto antes. Demoram a reagir a tantos despautérios e acabam avalizando os desmandos.

Ler 72 comentários