Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Mourão diz que Rosário deu "aloprada" na CPI após ser alvo de "deboche"

O vice-presidente afirmou que é preciso ter paciência para aguentar os "desaforos" que são ditos por senadores que integram a comissão
Mourão diz que Rosário deu “aloprada” na CPI após ser alvo de “deboche”
Foto: Romério Cunha/VPR

O vice-presidente Hamilton Mourão comentou nesta quarta-feira (22) o bate-boca envolvendo o ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, e senadores que integram a CPI da Covid. Para Mourão, Rosário “deu uma aloprada” na comissão após ser alvo de “deboche” de parlamentares.

“É aquela história, o cara lá (Rosário) não estava submetido a um interrogatório. Ali, tem uns com mais paciência para aguentar os desaforos que são ditos ali. E outros que não têm. O Wagner aguentou até determinado ponto e, em outros pontos ali, deu uma aloprada, que acho perfeitamente normal uma pessoa reagir. Tem que ter muito sangue frio para aguentar o deboche que muitas vezes é colocado ali. Conheço bem o Wagner e é uma pessoa séria.”, disse o vice-presidente a jornalistas ao chegar no Palácio do Planalto.

Como mostramos ontem, o tumulto começou após Rosário chamar Simone Tebet de descontrolada”. O ministro foi acusado de machismo por vários parlamentares e chamado de de moleque” por Otto Alencar. Em meio à discussão, a sessão foi encerrada. Ainda na terça (21), Rosário, que passou à condição de investigado na CPI, pediu desculpas a Simone Tebet.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO