MOURÃO EMPLACA O FILHO COM SALÁRIO DE 36 MIL REAIS NO BANCO DO BRASIL

Antonio Hamilton Rossell Mourão, filho do vice-presidente Hamilton Mourão, foi nomeado assessor especial do novo presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes (foto abaixo), apurou O Antagonista.

Sua função anterior era de assessor empresarial, ganhava 12 mil reais. Agora, o filho do general receberá 36 mil reais por mês e ingressará no famoso Programa de Alternativas para Executivos em Transição (PAET), que garante bônus de ‘saideira’ para quem ocupou cargo no banco por dois anos. O valor desse benefício é de 2 milhões de reais, em média — isso vai continuar?.

A promoção relâmpago não consta na lista de nomeações divulgada pelo banco em comunicado ao mercado, mas foi confirmada ao site pela assessoria da instituição. Segundo o BB, o filho de Mourão tem 18 anos de banco e ajudará o novo presidente na área do agronegócio, que seria a sua especialidade.

QUAL É O PAPEL DOS MILITARES NO NOVO GOVERNO? SAIBA MAIS AQUI

Durante discurso em sua cerimônia de posse, no Palácio do Planalto, Novaes disse ontem que trabalhou desde o início da campanha de Jair Bolsonaro “como um soldado”. Horas depois, o filho de Mourão estava promovido.

Comentários

  • Lucas -

    canalhas mentiroso inescrupuloso falaciosos e comunas, qualquer FUNCIONÁRIO do banco tem esse direito, o de ser escolhido para assessorar a "PRESIDÊNCIA "a critério deste.....

  • Angela -

    "Mourão emplaca o filho..." não é forçar a barra? O sujeito é funcionário de carreira do BB e, se não for ele, será outro o assessor. Vocês não precisam disso para ganhar leitores.

  • Izaque -

    Funcionário a 18 anos, tem capacidade, merece a promoção

Ler 1169 comentários