ACESSE

Mourão: reforma administrativa depende de 'decisão política' de Bolsonaro

Telegram

Hamilton Mourão afirmou nesta quinta-feira (13) que a reforma administrativa está “pronta” desde o início do ano, mas a “decisão política” de enviá-la ao Congresso é de Jair Bolsonaro.

Em entrevista a emissoras de TV na entrada de seu gabinete, o vice-presidente disse acreditar que o texto contará com a “boa vontade” dos parlamentares.

“A reforma está pronta, ela está pronta desde o começo do ano. Compete ao presidente, por meio de uma decisão política, remetê-la ao Congresso. Acho que o Congresso está com boa vontade para receber essa reforma e trabalhar nela”, declarou Mourão, conforme o relato do Valor.

O vice-presidente afirmou ainda que a possibilidade de o Congresso debater em paralelo as reformas administrativa e tributária dependerá da vontade de deputados e senadores.

“Foi o que o presidente Bolsonaro falou ontem quando se referiu à questão de ano eleitoral. Você sabe que os nossos parlamentares têm as suas bases, eles buscam construir eleição de prefeitos e vereadores, que depois vão contribuir para a reeleição deles no futuro.”

Leia mais: Bolsopetismo pró-impunidade: a aliança para enterrar a proposta de prisão após condenação em segunda instância

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 12 comentários