ACESSE

Movimento levará 200 mil assinaturas ao Senado contra transferência do Coaf

Telegram

O movimento Mude, que surgiu no Paraná para apoiar a Lava Jato, vai amanhã ao Senado levar mais de 200 mil assinaturas que pedem a permanência do Coaf no Ministério da Justiça.

“O Coaf tem sido um parceiro importantíssimo para a Força Tarefa da Lava Jato. A sua ida para o Ministério da Justiça representou um fortalecimento do órgão que já vinha realizando um bom trabalho”, diz o abaixo-assinado, que colhe assinaturas pela internet.

Na semana passada, foram levadas mais de 100 mil à Câmara, que reivindicavam também a manutenção do poder de auditores da Receita comunicarem ao Ministério Público crimes não fiscais, como lavagem e evasão de divisas — a proibição acabou sendo retirada do texto da reforma administrativa.

Uma eventual decisão do Senado que deixe o Coaf com Sergio Moro, no entanto, é arriscada para o governo.

Isso porque o texto teria que ser novamente votado na Câmara; se isso não acontecer ainda na semana que vem, a medida provisória caduca e cai toda a reforma administrativa que reestruturou a Esplanada.

Como um sistema penal 'garantista' levou mais violência ao Uruguai. SAIBA TUDO

Comentários

  • Juciara -

    Momento errado. Deveriam ter feito isso com os senhores dep. É, e o Centrão não quer ser odiado. Se não quer ser odiado, pare de tentar sabotar o Moro. Não conseguiram entender isso ainda?

  • Sonia -

    Acho que esse movimento é tudo que estao esperando para derrubar a reforma e voltar os 29 ministerios .CENTRAO AGE NA ESCURIDAO

  • Kalá -

    Quando 'congresso' quer, vota VOADO. Lembram-se do orçamento impositivo, aquele ?

Ler 7 comentários