MP arquiva caso que apurava participação de Carlos Moisés na compra de respiradores

MP arquiva caso que apurava participação de Carlos Moisés na compra de respiradores
Reprodução/Carlos Moisés/Twitter

O MP de Santa Catarina concluiu que não houve participação do governador Carlos Moisés (PSL) no processo de compra de ventiladores mecânicos em 2020, quando o Estado foi lesado porque os equipamentos não foram entregues.

O inquérito foi arquivado no que diz respeito à conduta do governador.

“Apesar da exaustiva busca por elementos que denotassem eventual envolvimento do Governador do Estado, não foi possível encontrar nenhum indício que o confirmasse, seja no material apreendido, documentos arrecadados ou dados obtidos em decorrência dos pedidos de quebra de sigilo telefônico e telemático. Tampouco a prova oral coletada registrou informação relevante nesse sentido”, concluiu o MP catarinense, em relatório de arquivamento parcial do inquérito civil que apura o caso.

As informações foram publicadas pelo governo estadual nesta quarta (27).

Moisés ainda responde a pedido de impeachment na Assembleia Legislativa pela compra dos respiradores. A sessão que votaria o relatório foi suspensa em 9 de dezembro.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO