MP: “Cota” de Lula não era de Lula

O MP de São Paulo descobriu ainda que o apartamento 141 do Solaris, que o Instituto Lula disse ter sido adquirido por Lula e Marisa como uma “cota” do empreendimento, já pertencia a outra pessoa.

Logo, não poderia ser do casal.

Faça o primeiro comentário