Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

MP da Eletrobras é 'teste de força' para o Centrão

Entidades do setor produtivo alertam que a aprovação da proposta poderá elevar a conta de luz dos brasileiros em até 20%
MP da Eletrobras é teste de força para o Centrão
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

“A medida provisória que autoriza a privatização da Eletrobras, já aprovada pela Câmara dos Deputados, deve ser votada no Senado nos próximos dias. Com as atenções voltadas para a CPI da Covid, parlamentares contrários a pontos da MP temem que o debate fique prejudicado”, diz a Crusoé.

Assim como ocorreu na Câmara, até senadores defensores da pauta de privatizações e da venda da Eletrobras estão contra o texto, em razão de emendas jabutis inseridas no projeto para atender a interesses do Centrão.

“O presidente da Câmara, Arthur Lira, pressiona por uma votação rápida da MP, já que a medida provisória perde a validade no dia 22 de junho. Entidades do setor produtivo alertam que a aprovação da proposta poderá elevar a conta de luz dos brasileiros em até 20%.”

Como Crusoé mostrou na edição 161, até março, quando foi aprovada a nova Lei do Gás, o Planalto era radicalmente contra a contratação das chamadas térmicas inflexíveis, como são chamadas as usinas movidas a gás natural de funcionamento contínuo. A obrigatoriedade dessas contratações foi inserida por uma emenda do deputado Elmar Nascimento, do DEM, e aprovada em maio graças à pressão realizada por Lira sobre o governo.

Leia a matéria completa aqui, assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO