Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

MP denuncia juiz do Rio por corrupção

O Ministério Público do Rio de Janeiro denunciou hoje, por corrupção, lavagem e associação criminosa o juiz João Luiz Amorim Franco, da 11ª Vara de Fazenda Pública da Capital, e o assessor Marcos Vinicius Farah Noronha, informa a GloboNews.

Os dois são acusados de cobrar do perito judicial Charles Fonseca William 10% do valor bruto dos honorários de cada perícia realizada. Segundo o MP-RJ, valores foram recebidos ao menos 179 vezes entre 2007 e 2019, como contrapartida à indicação de Charles para o cargo.

Os pagamentos eram feitos no estacionamento do condomínio onde o juiz mora.

“Sempre que o denunciado João Luiz Amorim assinava um alvará de pagamento em favor de Charles, imediatamente fazia contato com o perito para avisá-lo da liberação do pagamento e agendar um encontro para a entrega dos valores correspondentes”, diz trecho da denúncia.

A denúncia é baseada em delação premiada de Charles Fonseca William, preso em dezembro do ano passado no âmbito da Lava Jato. Ele foi acusado de, em troca de propina, fraudar laudos para favorecer empresas de ônibus ligadas à Fetranspor.

Em outra parte da denúncia, João Luiz é acusado de receber R$ 1,6 milhão de propina e um advogado e de um empresário vinculados às Indústrias Velrome Ishibrás S/A, em troca de sentenças favoráveis à empresa.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO