MP do coronavoucher já recebeu 282 emendas; maioria visa elevar valor do benefício

MP do coronavoucher já recebeu 282 emendas; maioria visa elevar valor do benefício
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

A Medida Provisória relacionada às regras para concessão do coronvoucher já recebeu, até o momento, 282 emendas parlamentares no Congresso. A maior parte delas para tentar elevar o valor original do benefício.

De acordo com a MP, o novo auxílio emergencial terá valor médio de R$ 250. Governadores e integrantes da oposição, porém, trabalham para que o benefício volte ao seu valor original de R$ 600.

As emendas parlamentares ainda serão avaliadas. Entretanto, lideranças do Congresso admitem que a aprovação de um teto orçamentário de R$ 44 bilhões para o auxílio por meio da PEC Emergencial dificulta qualquer manobra parlamentar para aumentar o valor do benefício.

“Temos que trabalhar com a realidade que temos no Brasil, que feliz ou infelizmente é uma realidade que vai socorrer as pessoas, mas não será o que desejavam as pessoas mais necessitadas”, disse ontem o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO