MP do Flamengo perde validade amanhã

Sem acordo no Congresso, a medida provisória que altera o direito de transmissão de partidas de futebol, conhecida como MP do Flamengo, perderá sua validade amanhã.

A MP foi editada por Jair Bolsonaro em junho, após um encontro com o presidente do Flamengo, Rodolfo Landim. A proposta privilegiava o clube rubro-negro, que negociava com a Globo a transmissão dos jogos do Campeonato Carioca.

Na prática, a medida dava ao clube mandante o direito de transmissão das partidas. Antes, a legislação previa que o direito era dos dois clubes que disputavam a partida.

 

Leia mais: Bolsonaristas ideológicos de novo em guerra com o governo
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 2 comentários
TOPO