Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

MP e Defensoria começam a ouvir testemunhas de ação no Jacarezinho

Operação passa por investigação dos promotores, enquanto defensores prestam assistência aos parentes das vítimas
MP e Defensoria começam a ouvir testemunhas de ação no Jacarezinho
Foto: Reprodução, ICICT/Fiocruz

O Ministério Público e a Defensoria Pública do Rio de Janeiro começam a ouvir, nesta segunda-feira (10), testemunhas da ação policial e familiares dos mortos na semana passada no Jacarezinho.

A operação, que terminou com 28 óbitos, passa por investigação dos promotores, enquanto os defensores prestam assistência aos parentes das vítimas.

As apurações no MP partiram de relatos de arbitrariedades que a Polícia Civil do Rio teria cometido ao entrar na favela. Com isso, a Promotoria criou, recentemente, um canal, que está recebendo os relatos, imagens e vídeos da ação, que ocorreu na última quinta-feira (06).

No encontro que terá com as famílias nesta tarde, a Defensoria estará acompanhada da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Rio, além da OAB-RJ, que ouviram relatos de moradores após o confronto.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO