MP eleitoral do Piauí também apura cybermortadelas

Além do MP eleitoral de Minas Gerais, como noticiou a Crusoé, o do Piauí também abriu investigação sobre o caso dos cybermortadelas.

Falta a PGE se manifestar, considerando que a rede de influenciadores também trabalhou pela campanha de Lula.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Tulio disse:

    cGdlIGVzdOEgb2N1cGFkYSBjYedhbmRvIGV4Y2x1c2l2YW1lbnRlIGNvbnRl+mRvICJmYWtlIiBkYXMgcGFnaW5hcyByZWxhY2lvbmFkYXMgYSBkaXJlaXRhLg==

Ler comentários