Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

MP estima que Adriano da Nóbrega transferiu mais de R$ 400 mil para Queiroz

O Ministério Público estima que Adriano da Nóbrega, miliciano morto no início deste ano e acusado de liderar o Escritório do Crime, possa ter transferido mais de R$ 400 mil para as contas de Fabrício Queiroz.

Na decisão que mandou prender Queiroz, obtida por O Antagonista, o juiz Flávio Itabaiana mencionou registros bancários de algumas transferências, feitas por pizzarias da mãe de Adriano, Raimunda Veras Magalhães, para uma conta de Queiroz, no valor de R$ 69,2 mil.

Entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017, o Ministério Público identificou depósitos em espécie que totalizavam R$ 91,7 mil para a conta de Queiroz numa agência do Itaú localizada na mesma rua das pizzarias.

Segundo as investigações, Raimunda Veras foi funcionária fantasma de Flávio Bolsonaro na Alerj e transferia os salários para Queiroz.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO