MP investiga Ricardo Salles

O Ministério Público de São Paulo abriu inquérito de improbidade administrativa contra o secretário estadual do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

Os promotores querem saber por que Salles e duas funcionárias da pasta alteraram o plano de manejo da Área de Proteção Ambiental da Várzea do Tietê, tornando-o mais permissivo a atividades degradantes.

200