MP pede ao TCU ação contra o Grupo Libra

O Ministério Público junto ao TCU pediu ao tribunal que anule a renovação da concessão de terminais do Grupo Libra no porto de Santos, informa a repórter Camila Bomfim, da TV Globo.

O pedido foi feito pelo procurador Júlio Marcelo de Oliveira. Na prática, a medida é para que a empresa deixe de operar no porto porque, segundo o MP, a concessão está irregular.

O Grupo Libra, um dos investigados no inquérito dos portos –que inclui Michel Temer–, prorrogou em setembro de 2015 contratos de concessão com o governo, mesmo com uma dívida de R$ 2 bilhões.

Em nota a O Antagonista, o Grupo Libra disse desconhecer a informação da TV Globo e reiterou “que cumpre as leis, que nunca esteve inadimplente, está prestando todas as informações sobre a renovação do seu contrato às autoridades e, por último, que o Tribunal de Contas da União acompanhou o processo em questão”.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

Ler mais comentários