MP PEDE BLOQUEIO DE 46 MILHÕES DE ORLANDO DINIZ

O MP do Rio propôs ação civil pública por improbidade administrativa de Orlando Diniz no comando da Fecomércio do Rio de Janeiro, requerendo imediato bloqueio de bens e contas bancárias num total de R$ 46,4 milhões.

Na mesma ação, também pede a condenação do ex-diretor do Sesc Marcelo José Salles de Almeida e o bloqueio de mais R$ 30 milhões.

O caso se refere a operações ilegais que transferiram recursos do Sesc para a Fecomércio, conforme apuração do TCU. No documento, obtido em primeira não por O Antagonista, o MP sugere uma nova intervenção no comando do Sistema S do Rio.

Lava Jato coloca a lupa sobre os negócios de Lulinha, que agora é alvo preferencial das investigações. CONFIRA

Diniz foi preso no âmbito das investigações do megaesquema de corrupção montado por Sergio Cabral. Ele também é investigado por ter gasto cerca de R$ 180 milhões em contratos suspeitos com grandes bancas de advocacia.

Comentários

  • José -

    Sou a favor de campanha para anular voto em 2020. Chega de sustentarmos agentes políticos. Com o voto damos emprego com altos salários e só recebemos patadas.

  • Dias -

    Enquanto isso, o POVO TRABALHADOR, do RJ tá com salários atrasados,hospitais na UTI, enchentes por todos os lados.....Tranca esses vermes e joga a chave na baía de Guanabara. Pega de volta o DIN DIN.

  • HORSE -

    ... Sorte do Meliante, o mesmo foi abordado por uma Servidora Federal - uma Policial Federal de parar a Via Dutra. --- Uma louraça com uma Glock ou Beretta no coldre. ... Sortudo !!!

Ler 28 comentários