MP pede fim do auxílio-moradia em casos irregulares

Telegram

O Ministério Público junto ao TCU pediu ao tribunal que suspenda o auxílio-moradia pago fora das regras a integrantes do Judiciário e do MP, relata Lauro Jardim.

O subprocurador-geral Lucas Furtado –que recebe o benefício– defende que se cumpra a regulamentação (contestada na Justiça por Marcelo Bretas, entre outros): quem mora em imóvel funcional ou é casado com beneficiário não deve receber o auxílio-moradia.

Furtado pede que o TCU apure os casos irregulares e aplique suspensão cautelar, por 15 dias, até a análise do mérito.

Comentários

  • descamizado -

    pq não fez isso antes?? Agora que escancarou como o judiciário depena os brasileiros, agora aparece o salvador da patria para tentar conter a ira e indignação de todos. QUEREMOS É O FIM DESSA MAMATA, OU PAGUEM A TODO CIDADÃO BRASILEIRO.

  • Romeu -

    Não vamos nos esquecer que quem mora em casa própria no mesmo município também não deve receber o auxílio moradia.

  • Marcos -

    Vai tentar enganar outro MP.... jogada mais manjada essa. Tomem vergonha na cara e não façam nada pq p não piorar esse papelão que acabaram de fazer... tentando só fazer graça p ganhar tempo p continuar mais uns meses ganhando o penduricalho

Ler 10 comentários