Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

MP-RJ quer refazer parte de investigações sobre rachadinha de Flávio

Em fevereiro, o Superior Tribunal de Justiça acatou um recurso apresentado pela defesa do filho do presidente e anulou sua quebra de sigilo bancário
MP-RJ quer refazer parte de investigações sobre rachadinha de Flávio
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O procurador-geral de Justiça do Rio de Janeiro, Luciano Mattos, deve decidir nesta semana o que acontece com a denúncia apresentada contra o senador Flávio Bolsonaro, seu ex-assessor Fabrício Queiroz e outras 15 pessoas pelo esquema de rachadinha na Alerj.

Segundo O Globo, a tendência é de que, diante da anulação de provas, Mattos determine que a parte da investigação seja refeita.

O MP-RJ apresentou a denúncia em outubro do ano passado, por organização criminosa, peculato e lavagem de dinheiro. Quatro meses depois, no entanto, a 5ª Turma do STJ acatou um recurso ajuizado pela defesa do senador para anular as decisões que permitiram sua quebra de sigilo.

Uma outra alternativa, para não ter que refazer parte da investigação, seria manter a denúncia, descartando as provas anuladas.
Luciano Mattos entende que, apesar de o desgaste político ser maior, o caminho técnico a seguir é a restauração das provas anuladas, com o pedido de novas medidas cautelares de quebra de sigilo.

Mais notícias
TOPO