MP sai à caça de facções criminosas

Grupo de combate ao crime organizado coordenado pelo Ministério Público foi às ruas nesta terça para prender integrantes de facções criminosas em 14 estados e Distrito Federal.

Os alvos são Primeiro Comando da Capital (PCC), de São Paulo; Comando Vermelho (CV), Terceiro Comando Puro (TCP) e Amigo dos Amigos (ADA), do Rio de Janeiro; Primeiro Comando de Vitória (PCV), do Espírito Santo; e OKAIDA RB, da Paraíba.

Além desses estados, a operação foi ao Acre, Alagoas, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Paraná, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, e Tocantins.

No total, são 266 mandados de prisão e 203 de busca e apreensão.

O inimigo número 1 de Sergio Moro. Leia AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 55 comentários
  1. Aqui na Bahia havia uma facção se organizando, mas a policia militar pego aos gerenciadores e cortaram pela raiz. Mandou fazer uma fila, ficar de joelhos e atirou na nuca de um por um!

  2. Antagonistas melhorem sua investigação Faltaram várias siglas d quadrilhas politicas e mafias: Pt, psol, psdb, ptb, pp..MÇ. Faltaram também fadrilhas da Silva, sirNey, calhas, hcardoso, Gomes, et

  3. Tinha que estar o Mato Grosso do Sul nessa… Se aqui houvesse governador limpo e sem envolvimento com assassinatos dentro da estrutura de governo, se faria bloqueio na fronteira e diminuiria imposto

    1. No caso da OKAIDA, houve um atentado terrorista contra dois idiomas: o árabe e o português. Na Arábia Saudita as punições são mais severas e exemplares. Sugiro que sejam extraditados para lá.

  4. Os idiotas começaram a transferir o Fernandinho Beira Mar de um presidio para outro achando que iriam isolar o cara da sua quadrilha, mas ela foi junto e causou o surgimento das concorrentes.