MP-SP questiona Doria e Covas sobre motivos para não adotarem lockdown

MP-SP questiona Doria e Covas sobre motivos para não adotarem lockdown
Foto: Governo do Estado de São Paulo

A nova escalada da pandemia de Covid-19 em São Paulo levou o MP-SP a questionar o governo estadual (João Doria) e a prefeitura da capital (Bruno Covas) sobre os critérios seguidos para não adotarem lockdown total, relata o Estadão.

Em ofícios enviados ao secretário estadual da Saúde, Jean Gorinchteyn, ao secretário municipal, Edson Aparecido, e a Covas, a promotora Dora Strilicherk pede esclarecimentos sobre as iniciativas dos governos.

A promotora se disse preocupada com o contágio no transporte público e também questionou a gestão Doria sobre a articulação entre as secretarias de Saúde e Segurança Pública para apoio da PM na fiscalização das restrições.

Segundo o MP-SP, o índice de isolamento em São Paulo ainda não é suficiente para a redução das taxas de contaminação e ocupação dos leitos de UTI e de enfermaria.

Leia mais: Pois é, nada mudou da esquerda para a direita.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO