Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

MP volta a denunciar Jairinho por violência contra a mulher

O ex-vereador teria estuprado e agredido uma ex-namorada, entre 2014 e 2020
MP volta a denunciar Jairinho por violência contra a mulher
Reprodução

O ex-vereador Jairinho, preso desde 8 de abril pela morte do enteado Henry, foi denunciado nesta quarta-feira (21) pelo MP-RJ. Segundo a Promotoria de Justiça de Investigação Penal de Violência Doméstica, Jairo Souza cometeu os crimes de estupro, lesão leve, lesão grave e lesão na modalidade de dano à saúde emocional.

Os crimes teriam sido cometidos entre 2014 e 2020, contra uma ex-namorada.

Os procuradores afirmam que “os fatos tiveram como pressuposto motivação de gênero ou situação de vulnerabilidade decorrente da subjugação ou submissão feminina ocorrida dentro de uma relação íntima, ocasionando violência doméstica consubstanciada em opressão contra a mulher”.

Em outubro de 2015, por exemplo, depois de drogar a ex-namorada, Jairinho teria praticado sexo sem o consentimento da vítima. Em dezembro de 2016, enfurecido por ser ignorado, cometeu ofensas verbais e agressões físicas com chutes que provocaram fratura no pé da então namorada.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO