MPE contesta registro de candidatura de Garotinho

A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) no Rio de Janeiro pediu que a candidatura de Anthony Garotinho ao governo do estado seja vetada.

O ex-governador, atualmente no PRP, tem condenação no TJ do Rio, num processo sobre desvios de R$ 234,4 milhões da saúde no Estado em 2005 e 2006.

Nessa época, Garotinho era secretário estadual. Ele foi condenado por ato doloso de improbidade administrativa com lesão ao patrimônio público e enriquecimento ilícito de terceiro –e, pela Lei da Ficha Limpa, está inelegível.

O TRE/RJ vai notificar o ex-governador para que apresente defesa.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 16 comentários
  1. Só o Garotinho?! Que injustiça, PRE.. tem mais gente se candidatando ao palácio Guanabara que já deveria estar incluída nessa lista suja faz tempo… é só perguntar pra equipe da Lava Jato do RJ.

    1. Pediu perdão a Gilmar Mendes!! E detalhe não provou nada apenas seguiu ordem de Cabral e Picciane.

    1. Dupla perfeita pra terminar de acabar com o Rio! Corruptos e mentirosos. Santos do pau oco! Só os eleitores menos esclarecidos pra acreditar!

    1. Por falar em garotinho, como é que ficou aquela denuncia daquele juiz, que disse que gilmar mendes recebeu uma malona de dinheiro,pra soltar esse corrupto, alguém tem algunha noticia???