Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

MPF abre inquérito sobre Abin na cúpula do clima

MPF abre inquérito sobre Abin na cúpula do clima
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O MPF ordenou a abertura de inquérito civil para apurar o envio de oficiais da Abin a Madri, em 2019, para monitorar a COP-25, cúpula do clima da ONU, relata o Estadão. Foi a primeira vez que a agência mandou gente ao evento.

O inquérito, diz o jornal, vai apurar as circunstâncias da operação de inteligência e eventuais irregularidades praticadas por Augusto Heleno e Ernesto Araújo.

O ministro-chefe do GSI e o chanceler serão intimados a depor e podem ser enquadrados em ato de improbidade administrativa, com penas que podem ir de perda da função pública e multa até a suspensão de direitos políticos.

De acordo com o Estadão, foram observados integrantes da delegação oficial brasileira, de ONGs e de países estrangeiros, e havia preocupação dos agentes com a imagem da política ambiental do Brasil no exterior e menções à Amazônia.

Na época, Heleno confirmou a operação e disse que ela voltaria a ocorrer —alegou ser preciso acompanhar campanhas promovidas por “maus brasileiros”.

O caso foi objeto de uma representação da bancada do PSOL na Câmara. O procurador federal dos Direitos do Cidadão, Carlos Vilhena, que recebeu a documentação, considerou o caso “grave” e remeteu ofício à primeira instância do MPF recomendando a apuração.

Leia mais: Como o candidato Artur Lira já se movimenta para escapar da Justiça valendo-se da parceria com Bolsonaro.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO