MPF acusa ex-deputado do PMDB de empregar fantasma

O MPF no Distrito Federal ajuizou ação civil pública de improbidade administrativa contra o ex-deputado federal Mauro Benevides e o empresário Pedro Jereissati Ary.

Entre 2007 e 2013, Ary foi funcionário fantasma do gabinete de Benevides, enquanto gerenciava suas empresas em Fortaleza. Os dois já respondem a uma ação penal pelo mesmo caso.

Na ação encaminhada à Justiça Federal, o Ministério Público pede o ressarcimento de mais de R$366 mil, valor atualizado que corresponde aos salários recebidos.

 

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais comentários