Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

MPF ajuíza ação contra Bolsonaro por racismo

Em 8 de julho, no cercadinho do Palácio da Alvorada, o presidente associou o "black power" de um apoiador à sujeira
MPF ajuíza ação contra Bolsonaro por racismo
Reprodução

O MPF e a Defensoria Pública da União ajuizaram uma ação civil pública contra a União e Jair Bolsonaro por prática de racismo, diz O Globo. Em 8 de julho, no cercadinho do Palácio da Alvorada, o presidente associou o cabelo “black power” de um apoiador à sujeira.

“Como está a criação de barata ai? Olha o criador de barata aqui. Você não pode tomar ivermectina. Vai matar os teus piolhos todos”, disse Bolsonaro. O alvo da brincadeira foi Maicon Sullivan, que, na ocasião, disse queo presidente tem essa intimidade para brincar”.

Segundo o MPF e a DPU, a declaração reforça estereótipos raciais negativos e caracterizam discriminação e intolerância contra pessoas negras”.

Em maio, o presidente já havia feito comentários semelhantes sobre Sullivan.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO