ACESSE

MPF apura relatos de aumento da violência contra indígenas no PR

Telegram

O Ministério Público Federal em Umuarama, no Paraná, abriu um procedimento para investigar denúncias de um quadro generalizado de violência e discriminação contra comunidades indígenas nos municípios de Guaíra e Terra Roxa.

A medida foi tomada após uma reunião ontem envolvendo lideranças indígenas e procuradores.

Segundo o MPF-PR, com base nos relatos dos índios, moradores das duas cidades e autoridades municipais estão “negando o reconhecimento e garantia de direitos fundamentais básicos aos indígenas”.

Também há relatos de perseguição e agressões perpetradas por alguns proprietários rurais. Nenhuma prova, por enquanto.

Como o homem que confraternizou com petistas conquistou Bolsonaro? Leia aqui

Comentários

  • Alexander -

    Que saudades do Jhon Wayne

  • ana -

    Tortura em presídios do Pará, e agora índios perseguidos no Paraná. Quando é que essa esquerdalha vai dar sossego ao Brasil?

  • José -

    Olha eu moro no Paraná e o que mais vejo é índio usando as suas crianças para mendigar. Vejo índio bebendo e passando o dia todo sem fazer nada. Só vivem pedindo e sujando . Uma pena isso.

Ler 9 comentários