MPF: CAIXAS E MALAS CORROBORAM VERSÃO DE FUNARO

As caixas e malas com R$ 51 milhões, encontradas no apartamento em Salvador, corroboram a versão do delator Lúcio Funaro, que contou ao MPF como eram feitas as entregas de propina a Geddel Vieira Lima.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Ler mais 4 comentários
    1. Começando bem a delação do Funaro o primeiro a ser pego Geddel. Temer e PMDB (e boa parte )isso já indica que o que virá ?! Que venha logo a delação.

    2. SÓ UMA PERGUNTINHA, OPS…OU 2:
      QUANDO ESTE DINHEIRO FOI ENTREGUE
      DO FUNARO PARA O GEDDEL?
      E CONTINUO PEDINDO…ALGUÉM
      CONFERIU DE QUE BANCO VEIO
      AQUELE DINHEIRO???

    3. A quadrilha vai começar a pensar em como transportar e guardar o dinheiro roubado.
      Mala já ficou muito manjado. Caixas de papelão também!
      Talvez caixas de isopor, não, muito frágil, pode quebrar e espalhar a dinheirama!
      Mochila; não o Vacari já deixou isso manjado também!
      Bom, vão ter que inventar o teletransportador da Interprise logo, logo.

    4. Paloffi também contou que a dinheirama era entregue em malas para Lula e o PT.
      Rocha Loures também recebeu em mala.
      Lulatambém transportou 12 malas no jatinho para fora do país, e o “segurança dele” o delegado da PF Luiz Pardi não permitiu a vistoria pela alfândega.
      Se em 15 malas de Geddel tinha 51 milhões, dá para imaginar quanto tinha em 12 malas de Lula, algo em torno de R$ 40 milhões.
      A fogueira vai arder quando Geddel contar que parte das malas não eram dele! Afinal Geddel não é o chefe da quadrilha do PMDB!

    Os comentários para essa notícia foram encerrados.