ACESSE

MPF critica tentativa de Toffoli de investigar procuradores que usam dados do Coaf

Telegram

Na nota técnica em que aponta a inclusão indevida do Coaf não ação que pode limitar a atuação órgão, o MPF também condena a tentativa de Dias Toffoli de investigar procuradores que usam relatórios de inteligência financeira para investigar crimes de lavagem de dinheiro.

No documento, as câmaras de combate ao crime e à corrupção dizem que a ação a ser julgada pelo STF na próxima quarta — um recurso extraordinário — “não constitui meio de investigação ou comporta abertura de diligências na forma requerida pelo Exmo. Ministro Relator [Dias Toffoli]”.

Em ofício enviado hoje ao próprio ministro, Augusto Aras frisou que a comunicação entre o Coaf e o MP “não permite a ampliação ou o direcionamento arbitrário das informações financeiras, mas, tão somente, a mera correção de eventuais erros materiais”.

O 'irmão problema' — e a delação (parcialmente) arquivada. SAIBA MAIS AQUI

Comentários

  • Maria -

    Canalha, sujo!!!

  • Paulo -

    O marginal de togama quer se vingar dos procuradores que mostram suas entranhas sujas.

  • Almicre -

    Tem que colocar cartazez nos órgãos públicos, começando pelo STF, Senado, Câmara dos Deputados e Executivo. com os dizeres AQUI NÃO ENTRA CORRUPTO., pra ver no dia seguinte quantos vão trabalh

Ler 19 comentários