Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

MPF denuncia desembargadora e três advogados por venda de decisões

MPF denuncia desembargadora e três advogados por venda de decisões
Foto: Humberto Filho/Cecom MPBA

O Ministério Público Federal denunciou ao STJ por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa a desembargadora da Bahia Ilona Reis e mais três advogados.

Todos são acusados de vender sentenças e movimentar ao menos R$ 800 mil no esquema.

Ilona está presa desde 14 de dezembro, no âmbito da Operação Faroeste, que investiga a regularização, mediante propina, de terras griladas no oeste baiano.

Junto com ela, foram denunciados os advogados Marcelo Junqueira Ayres Filho, Fabrício Bôer da Veiga e Júlio César Cavalcanti Ferreira, que atuariam como operadores, negociando as decisões. Júlio César, que se tornou delator, redigia minutas dos atos da desembargadora.

O grupo atuou, segundo o MPF, entre setembro de 2019 e dezembro deste ano, período de em que a Faroeste estava em pleno vapor, investigando o esquema.

“A desembargadora Ilona Reis teve atuação central na organização criminosa em questão, exercendo o comando do grupo”, diz a denúncia, assinada pela subprocuradora Lindôra Araújo.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO