Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

MPF denuncia dono da Precisa e mais 4 por esquema nos Correios

Procuradores acusam Francisco Maximiano e parceiros de pagar R$ 2,5 milhões em propina a agentes públicos entre 2011 e 2014
MPF denuncia dono da Precisa e mais 4 por esquema nos Correios
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O MPF em São Paulo denunciou Francisco Maximiano, dono da Precisa Medicamentos, e mais quatro pessoas por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa

Os cinco são acusados de participar de um esquema irregular em contrato firmado entre a Global Saúde, de propriedade do empresário, e os Correios. Os procuradores afirmam que, de 2011 a 2014, Maximiano e parceiros pagaram R$ 2,5 milhões em propina a agentes públicos.

A Global Saúde integra o quadro societário da Precisa, que intermediou a negociação entre a Bharat Biotech e o Ministério da Saúde para comprar 20 milhões de doses da Covaxin por R$ 1,6 bilhão. O contrato foi rescindido após a identificação de irregularidades.

Nesta quinta (30), conforme publicamos, a PF cumpriu oito mandados de busca e apreensão em endereços ligados a Maximiano.

LEIA MAIS na Crusoé; assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO