ACESSE

MPF denuncia 'prefeitos milionários' em SP

Telegram

O MPF denunciou criminalmente os prefeitos de Mongaguá, Arthur Parada Prócida (PSDB), e de Mauá, Átila Jacomussi (PSB), por lavagem de dinheiro na Operação Prato Feito, informa o Estadão.

A operação investiga desvios de recursos públicos federais em contratos da merenda escolar em pelo menos 30 municípios paulistas.

Prócida e Jacomussi foram presos em flagrante em maio, na posse de quantias consideráveis em dinheiro vivo.

Na casa do tucano, a PF apreendeu R$ 4,61 milhões e mais US$ 217 mil em espécie. Na do pessebista, os policiais acharam R$ 87 mil em espécie, dos quais R$ 80 mil dentro de uma panela na cozinha.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 23 comentários