ACESSE

MPF descarta perícia em recibos 'ideologicamente falsos' de Lula

Telegram

O Ministério Público Federal decidiu que não há necessidade de fazer perícia técnica nos recibos de aluguéis apresentados pela defesa de Lula.

Para o MPF, as provas disponíveis já permitem concluir que Glaucos da Costamarques firmava recibos de aluguel ideologicamente falsos em blocos para dissimular a locação do apartamento ao petista –que não existia de fato.

“Após a colheita da prova oral, não mais persiste a postulação de realização de prova pericial porque os aspectos pontuais atinentes à confecção dos documentos de que se trata, que se pretendia aclarar por prova técnica, já estão suficientemente elucidados”, considerou a força-tarefa.

Lula é acusado de receber o imóvel atribuído a Glauco –vizinho ao seu, em São Bernardo– como propina da Odebrecht.

Comentários

  • Flávia -

    Medo, muito medo e desespero. Como bem disse Emir Sader: "O revisor do processo do Lula leu 250 mil páginas em 6 dias. Isto é, ele leu 2 mil páginas por hora, sem dormir, durante 6 dias". E vocês ainda acham que não houve pressa?

  • Antonio -

    Quaisquer dúvidas que existiam sobre esses recibos já foram dirimidas com os depoimento dos dois falsários orientados pelo adevogado do MOLLUSCO, agora é só condenar e mandar pro xilindro os envolvidos. e a OAB cassar o diploma do idealizador da fraude zanin. TEM DIFICULDADES NISSO???

  • Ayrton -

    Nunca tinha visto, como técnico e perito, alguém pertencente a uma carreira pública que deve prezar pela absoluta veracidade de um documento, negar a sua perícia com o argumento chulo de que já sabe que ele é falso porque alguém o afirmou, seja o próprio emissor ou qualquer outra pessoa. Decorre dessa afirmação do MPF uma séria incompetência funcional ou um dolo que abre um leque de possibilidades sobre suas motivações. Justiça não se faz com arranjos oportunos mas sim com verdades tecnicamente comprovadas. O resto é falácia oportunista, seja contra quem for.

Ler 50 comentários