MPF: esquema de corrupção em Santa Catarina tinha até lancha compartilhada

MPF: esquema de corrupção em Santa Catarina tinha até lancha compartilhada
Foto: Solon Soares/Agência AL

O presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, Julio Garcia (PSD), foi denunciado pelo MPF nesta semana por integrar um esquema de corrupção que fraudou licitações no governo catarinense durante várias administrações.

Em julho, a Assembleia abriu processo de impeachment contra o governador Carlos Moisés (PSL) e sua vice, Daniela Reinehr (sem partido).

Assim, se Garcia virar réu na Justiça antes de derrubar o governador e a vice, ele não pode assumir.

As investigações da Operação Alcatraz, deflagradas em 2019, levaram para a cadeia o ex-secretário adjunto de Administração Nelson Nappi. Segundo as investigações do MPF, Nappi foi indicado ao governo por Julio Garcia.

Interceptações telefônicas realizadas pelos investigadores com autorização da Justiça flagraram a rotina de Garcia e sua família no compartilhamento de uma lancha no nome de Nappi e de mais um sócio. As informações são da Veja.

Leia mais: Exclusivo: a máquina de lobby da Odebrecht teria sido usada, com a anuência de Toffoli, para ajudar na aprovação do nome dele para o Supremo
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 10 comentários
TOPO