MPF faz recomendações para manutenção de prédios históricos em risco

O MPF expediu seis recomendações no âmbito da ação coordenada “Manutenção de Prédios Históricos em Risco”, da Câmara de Meio Ambiente e Patrimônio Histórico do MPF (4CCR), que fiscaliza o estado e as condições de manutenção de museus situados em prédios históricos em todo o país.

A ação coordenada tem o intuito de evitar ocorrências como o incêndio no Museu Nacional, no Rio de Janeiro.

Segundo o MPF, As recomendações foram enviadas aos Museus de Arte Sacra da Boa Morte (GO), Nacional de Belas Artes (RJ), da Inconfidência (MG), das Bandeiras (GO), Imperial (RJ) e das Missões (RS).

Elas incluem a elaboração, em até 180 dias, dos planos de prevenção e combate a incêndio e pânico e de gerenciamento de riscos, com aprovação pelos Bombeiros e pelo Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan).

Caso as recomendações não sejam atendidas, a Justiça poderá ser acionada.

Bolsonaro x Haddad: a batalha final está AQUI

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 23 comentários
  1. Das estradas aos museus, passando por infraestrutura, saúde, educação, economia, moralidade, produtividade, credibilidade, etc., o Brasil vive sério risco – por ter comido o fruto do lulopetismo.

  2. É isso aí. A indicação ao cargo é atribuição do Presidente, é foi surrupiada pela esquerda ainda nos anos 1980, com a introdução da excrescência do voto tripartite: professor, funcionário

  3. É isso aí. A indicação ao cargo é atribuição do Presidente, é foi surrupiada pela esquerda ainda nos anos 1980, com a introdução da excrescência do voto tripartite: professor, funcionário

  4. Eu não pago salário para o MPF recomendar quando de por obrigação impor o indiciamento pelo menos por omissão se não houver dinheiro para a manutenção vamos fechar a metade e manter a outra me

  5. Onde está o indiciamento pelo não cumprimento de regras mínimas de segurança? O MPF vai acreditar que o diretor não sabia sem antes comprovar as proevidências adequadas e oportunas para saber!

  6. O governo Bolsonaro fortalecerá o ensino da História do Brasil, com grande ênfase na próspera Era Monárquica, interrompida pelo genuíno golpe da republiqueta… Resta-nos agora fundar a Repúbli

  7. O MPF está preocupado com obras de artes e relíquias históricas desviadas dos acervos dos museus brasileiros que reapareceram nas casas de leilões da europa? Quem foi indiciado pelo MPF?

  8. E sobre a responsabilização dos “administradores” que foram omissos com o trato e a gestão do bem público, o que culminou no incêndio do Museu Nacional, alguma providência?