ACESSE

MPF pede à Justiça investigação sobre falsidade ideológica de Decotelli

Telegram

O MPF pediu à Justiça Federal que investigue se o quase ex-ministro da Educação Carlos Alberto Decotelli cometeu crime de falsidade ideológica ao incluir informações falsas em seu currículo.

Segundo o Globo, o pedido está incluído em um parecer da PGR em resposta a uma notícia-crime protocolada no STF.

Decotteli não tem foro privilegiado e, por isso, a investigação não deveria ser analisada pelo STF.

A PGR, no entanto, argumento que o fato é de interesse da União e deve ser apurado pelo MPF, no âmbito da Justiça Federal.

Leia mais: Combo O Antagonista e Crusoé: comece a ler por apenas R$ 1,90/mês

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 12 comentários